English Portuguese Spanish

Criada e instalada segundo as Leis Estaduais (SP) nº 7.663/91 e nº 10.020/98
Entidade Delegatária das funções de Agência de Água, conforme primeiro termo aditivo do Contrato de Gestão nº 033/2020/ANA.

Imagem-destacada

Agência das Bacias PCJ tem contas aprovadas por Conselhos

Adversidades do último ano não impediram a excelência dos trabalhos

Apesar do ano atípico com equipes em home-office e instabilidades nas arrecadações, a Agência as Bacias PCJ conseguiu desenvolver as atividades inerentes a sua atuação ao longo de 2020. E estas ações foram apresentadas e aprovadas por seus Conselhos Fiscal e Deliberativo.

“Em 2020, podemos dizer que vivemos vários anos em um. Foi um ano incomum, de incertezas e inúmeros desafios. Podemos destacar a estruturação e consolidação das atividades virtuais da Agência das Bacias PCJ e os ótimos indicadores alcançados junto a ANA (Agência Nacional de Águas) em nosso Contrato de Gestão”, afirmou o diretor Ivens de Oliveira ao se referir a nota anual que manteve o alto nível da série histórica.

Entre os indicadores que apontam boa fluidez administrativa, vale evidenciar o índice de repasses da Fundação. Desde 2010, do valor arrecadado com a Cobrança Federal (pagamento feito por meio dos recursos hídricos de domínio da União) junto com os rendimentos financeiros, 97% foram contratados até o ano passado e 91% já desembolsados.

Pela primeira vez, as reuniões dos membros para aprovação de contas da entidade ocorreram por meio de plataforma digital, na tarde da última terça-feira e na manhã desta quarta, 30 e 31 de março. O Conselho Fiscal analisou a prestação de contas e as demonstrações contábeis da Fundação e recomendou a aprovação para o Conselho Deliberativo.

Por sua vez, o Conselho Deliberativo aprovou o relatório de atividades e as demonstrações contábeis referentes ao ano passado. As informações foram apresentadas pelos diretores Sergio Razera (Presidente), Patrícia Barufaldi (Técnica) e Ivens de Oliveira (Administrativo e Financeiro).

“Fizemos a aprovação do relatório de atividades da Fundação que, mesmo com a pandemia, desenvolveu muitas ações proeminentes ao nosso Comitê PCJ. Na sequência, houve a aprovação da prestação de contas da Agência das Bacias PCJ e apesar das pendências de recebíveis, passou o ano de 2020 muito bem.”, afirma o presidente do Conselho Deliberativo, Paulo Tinel.

Ainda segundo Tinel, o encontro virtual contou com a participação de 12 conselheiros e as aprovações ocorreram por unanimidade. “Por ser a nossa primeira reunião online, o saldo foi muito positivo”, finaliza.

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email