English Portuguese Spanish

Criada e instalada segundo as Leis Estaduais (SP) nº 7.663/91 e nº 10.020/98
Entidade Delegatária das funções de Agência de Água, conforme primeiro termo aditivo do Contrato de Gestão nº 033/2020/ANA.

Outorgas e cadastros

OUTORGA E CADASTRO

A Constituição de 1988 estabeleceu que os corpos hídricos superficiais são de dominialidade pública, da União, quando banham mais de um estado ou territórios estrangeiros, e dos Estados, em todos os outros casos, dando ainda competência privativa à União para legislar sobre águas. A água subterrânea é definida como de dominialidade estadual.

A Lei federal nº. 9.433, de 1997, veio regulamentar o uso das águas no Brasil. A outorga é definida como um dos instrumentos de gestão com o objetivo de “assegurar o controle quantitativo e qualitativo dos usos da água e o efetivo direito de acesso à água”.

São definidos na lei como sujeitos a outorga a derivação ou captação de água superficial, a extração de água de aquífero, o lançamento em água superficial de resíduos líquidos ou gasosos, o aproveitamento dos potenciais hidrelétricos e qualquer outro uso que altere o regime, a quantidade ou a qualidade da água. São isentados da outorga o uso de recursos hídricos por pequenos núcleos populacionais rurais e as derivações, captações, lançamentos e acumulações de volumes de água considerados insignificantes.

A Lei nº. 9.984, de 2000, que criou a Agência Nacional de Águas, autarquia especial vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, conferiu-lhe, entre outras, a atribuição de outorgar o direito de uso de recursos hídricos em águas da União e de regulamentar a operação de reservatórios, visando ao uso múltiplo dos recursos hídricos, estabelecido nos planos de bacias.

Os órgãos com atribuição de outorgar o direito de uso de recursos hídricos em águas de domínio dos estados que partilham o território nas bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí são, respectivamente, o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), no Estado de São Paulo, e o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM), em Minas Gerais.

CADASTRO DE USUÁRIOS

Atendimento ao Usuário em Cobrança

Avaliação da Cobrança pelos Usuários

Proposição de Novos Mecanismos e Valores

O Estado da Arte do Cadastro de Usuários em Cobrança

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support