English Portuguese Spanish

Criada e instalada segundo as Leis Estaduais (SP) nº 7.663/91 e nº 10.020/98
Entidade Delegatária das funções de Agência de Água, conforme primeiro termo aditivo do Contrato de Gestão nº 033/2020/ANA.

REUNIÃO COM PROPRIETÁRIOS RURAIS MARCA O INÍCIO DA 2ª FASE DO PROJETO “NASCENTES DE HOLAMBRA”

REUNIÃO COM PROPRIETÁRIOS RURAIS MARCA O INÍCIO DA 2ª FASE DO PROJETO "NASCENTES DE HOLAMBRA"

Reunião realizada nesta terça-feira (12/4), em Holambra, nas dependências do Núcleo de Atenção e Orientação Terapêutica ao Trabalho, contou com a presença de mais de 50 pessoas, proprietários rurais, representantes de prefeituras, comerciantes e parceiros do projeto, marcou o início da segunda fase do projeto “Nascentes de Holambra” que é o primeiro projeto no âmbito da Política de Recuperação, Conservação e Proteção dos Mananciais no âmbito da área de atuação dos Comitês PCJ. Para ler o texto completo, acesse: http://www.comitespcj.org.br/images/Download/DelibComitesPCJ238-15.pdf

O projeto “Nascentes de Holambra” iniciou-se com a presença do governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin e do secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, na cidade de Holambra em 11 de novembro de 2015, para assinatura dos documentos que garantem a parceria e a execução dos serviços. Desde então, foram elaborados os Projetos Integrais de Propriedade (PIPs), documento que identifica e mensura as ações que devem ser realizadas em cada uma das 101 propriedades.

Na reunião, o prefeito de Holambra, Fernando Fiori, agradeceu a parceria entre a secretaria de agricultura e abastecimento, a Agência das Bacias PCJ, a Agência Nacional de Águas e a Fundação Banco do Brasil que estão aportando recursos financeiros necessários à execução do projeto.

O diretor-presidente da Agência das Bacias PCJ, Sergio Razera, esteve presente no evento e lembrou a todos da importância do projeto como um início dos trabalhos no âmbito da Política de Recuperação, Conservação e Proteção dos Mananciais no âmbito da área de atuação dos Comitês PCJ, aprovada em 23 de outubro de 2015, que evidencia a priorização de ações relativas à proteção das nascentes como uma resposta à crise hídrica vivenciada em 2014 e 2015.

Para José Luiz Fontes, assessor técnico da secretaria de agricultura e abastecimento, o evento foi muito importante, pois era necessário que os proprietários rurais, formalmente e oficialmente, participassem de tais projetos para que as máquinas e os trabalhadores contratados possam entrar nas propriedades e realizarem as ações.