comunidades locais

Itens de divulgação GRI reportados neste capítulo: 102-40, 102-42, 102-43, 413-Comunidades locais
Foco de atuação: Engajamento e colaboração na gestão dos recursos hídricos

A3Pcomun
A3PcomunMOBILE

O relacionamento da Agência das Bacias PCJ com o público externo é bastante efetivo ao fazer cumprir as deliberações dos Comitês PCJ, evidenciando o zelo com os recursos públicos. Essa relação envolve atores sociais de vários municípios, de comunidades diversas e, ao atender às demandas relacionadas aos recursos, é reconhecida por esses públicos. Esse reconhecimento, na verdade, extrapola os limites das comunidades, porque a instituição é uma referência nacional.”

André Navarro,

Coordenador da Câmara Técnica do Plano de Bacias (CTPB) e Secretário Executivo Adjunto dos Comitês PCJ

Gestão participativa

dos recursos hídricos

A ética e o diálogo orientam o relacionamento da Agência das Bacias PCJ com seus stakeholders, visando ao aprimoramento da gestão dos recursos hídricos, à prestação de contas de forma transparente e à melhoria da qualidade de vida da sociedade. A identificação e a seleção desses públicos de interesse, bem como a abordagem de engajamento, se dão por meio de diversos fóruns.

A atuação dos Comitês PCJ é uma das oportunidades, já que segue um modelo participativo e colaborativo, sendo composto por órgãos e entidades governamentais, representantes dos municípios, usuários de recursos hídricos e organizações civis. Esses grupos são convidados, a cada dois anos, a participar do processo de Renovação das Câmaras Técnicas. Oportunidades de relacionamento também acontecem por meio das políticas desenvolvidas nas Câmaras Técnicas dos Comitês PCJ, a exemplo da Política de Mananciais.

Grupos de stakeholders com os quais a Agência das Bacias PCJ se relaciona: órgãos de Governo (esferas federal, estadual e municipal), Ministério Público, órgãos de controle externo, sociedade civil, usuários de recursos hídricos, Comitês PCJ, colaboradores, fornecedores e prestadores de serviço, mídia, Sistemas de Gerenciamento de Recursos Hídricos e demais parceiros.

Quantidade de membros e entidades participantes
nas Câmaras Técnicas dos Comitês PCJ

MEMBROS DAS CÂMARAS TÉCNICAS POR GÊNERO -
GESTÃO 2019-2021

O FUTURO DAS BACIAS PCJ EM DISCUSSÃO ABERTA

A participação dos municípios e dos serviços de saneamento das Bacias PCJ foi fundamental para a revisão do Plano das Bacias PCJ, fortalecendo os compromissos entre os atores envolvidos na recuperação e na conservação dos recursos hídricos da região. Durante o ano de 2019, audiências públicas, em Piracicaba (SP) e Camanducaia (MG), abriram espaço para discussão dos recursos hídricos das Bacias PCJ, representando mais uma oportunidade de engajamento e relacionamento da instituição com stakeholders.

Em outubro de 2019, a Agência das Bacias PCJ participou do 21º Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (ENCOB 2019), em Foz do Iguaçu (PR), cujo tema central foi “Gestão das Águas – #FALACOMITÊ”. O evento, que promoveu a integração dos organismos que participam do Sistema Nacional de Recursos Hídricos, possibilitou a discussão participativa e compartilhada no setor, e a reflexão sobre cenários futuros dos recursos hídricos no Brasil.

Canais de comunicação

A Agência das Bacias PCJ e os Comitês PCJ reforçam sua atuação institucional por meio do Plano de Mídia, que direciona a produção de materiais de campanha, com destaque para as mídias sociais. O site da Agência das Bacias PCJ também representa uma plataforma de comunicação e relacionamento, onde são levadas a público informações de todas as ações e atividades de forma proativa, e não apenas se limitando ao cumprimento de leis ou regulamentos.